USP na Vatican Hack

A competição ocorreu nos dias 16 e 17 de dezembro na cidade universitária.

O grupo formado pelos alunos Lais Harumi Fukujima Aguiar (Poli), Rafael Rodrigues Mendes Ribeiro (EESC), Douglas Luan de Souza (Poli), Fernando Vezzani Ferreira de Santana (FEA), Haline Aparecida de Oliveira Floriano (ECA) e Victor Alves de Souza (FAU) foi premiado pela comissão julgadora pela melhor solução para o desafio da competição.

A solução do grupo foi a plataforma Ref-a-Ref, uma central de emails que será o primeiro emprego do refugiado e ao mesmo tempo uma oportunidade de aprendizado da língua portuguesa, resolvendo dois dos maiores desafios à integração do refugiado no país.

A comissão analisou os critérios de relevância do problema, impacto da solução e inovação, bem como a qualidade do modelo de negócio, da arquitetura computacional, do design e do atendimento ao problema dos refugiados.

Para a competição internacional que ocorerrá no Vaticano e contará com a presença de outras 19 universidades ao redor do mundo, foram selecionados os seguintes alunos, com base em seu desempenho individual durante a competição:

  • Fadi Sami El Didi (Poli, Engenharia Elétrica com ênfase em  Computação)

  • Lais Harumi Fukujima Aguiar (Poli, Engenharia Elétrica, ênfase em Eletrônica e Sistemas)

  • Fernando Vezzani Ferreira de Santana (FEA , Administração)

  • Lidia Costa Grigorini (FAU, Design)

  • Marina Garcia Ribeiro (IB, Ciências Biológicas)

 

Os temas sociais a serem abordados serão:

Inclusão social: encorajar a real solidariedade, para superar a cultura do desperdício e recuperar a abordagem centrada no humano em nossos sistemas técnico-econômicos;

Diálogo inter-religioso: apoiar a apresentação plena e franca das respectivas convicções e abordar temas comuns que impactam na estima mútua, cooperação e real fraternidade.

Migrantes e refugiados: Reforçar o apoio e mobilizar recursos aos migrantes e refugiados, apoiá-los em seus caminhos para se assentar e viver uma vida normal, promover o diálogo e a cooperação entre as sociedades acolhedoras e os migrantes.

 

Desejamos boa sorte aos nossos representantes que estarão no Vaticano nos dias 9, 10 e 11 de março para a competição em nível internacional.

 






Amigos da Poli | Todos os direitos reservados. Produzido pela Ultrahaus.com